Última parte da nova cobertura do Beira-Rio será instalada a partir de outubro

02/08/2013 21:05

Cobertura terá 65 módulos, compostos por 3 partes de estrutura metálica e mais uma membrana

A membrana translúcida que cobrirá o novo Beira-Rio começará a ser instalada no mês de outubro, segundo a comissão de obras do Internacional. A peça, que deixará o estádio com um quê de Allianz Arena – casa do Bayern de Munique, ainda aguarda maior evolução da fixação da estrutura metálica.

"A instalação da membrana precisa aguardar o status da estrutura metálica. É preciso que mais da metade dos módulos já estejam instalados. Devemos iniciar essa fase em outubro", disse ao UOL Esporte a 2ª vice-presidente do Inter, Diana Oliveira.

Ao todo, a cobertura do estádio terá 65 'folhas'. Cada módulo se divide em três partes metálicas para acomodar a membrana de politetrafluoretileno. Até agora, 19 bases de módulos foram instalados e apenas uma peça de segundo nível foi montada. Nenhuma 'folha' completa está erguida ainda.

"O processo de instalação da membrana requer conhecimento específico, é mais delicado. Mas é mais dinâmico que a etapa de instalação da estrutura metálica", relatou Oliveira.

A cobertura total do Beira-Rio é um sonho do Internacional. Inaugurado em 1969, o estádio só contou com uma marquise do lado oposto das sociais que recebeu o apelido de 'boné'.

De acordo com a última atualização da construtora Andrade Gutierrez, a refomr do Beira-Rio já chegou aos 71% de suas obras. No final de julho as cadeiras do anel inferior começarão a ser instaladas. No mesmo período, o clube pode iniciar testes no gramado principal – com treinos do time dirigido por Dunga.

Por contrato, a obra deve ser finalizada até 31 de dezembro deste ano. Sede de cinco jogos da Copa do Mundo de 2014, o Beira-Rio tem orçamento de reforma de R$ 350 milhões.

Fonte: Jeremias Werneck

Do UOL, em Porto Alegre.